Seguidores

ARQUIVOS DO BLOG

sexta-feira, 26 de junho de 2015

MOISÉS NO MONTE SINAI RECEBENDO OS DEZ MANDAMENTOS

     MOISÉS NO MONTE SINAI RECEBENDO OS DEZ MANDAMENTOS.
MAQUETE FEITA COM MATERIAL RECLICLADO.
AS NUVENS FORAM FEITA DE MANTA ACRÍLICA 







Lição - Dez Regras de Felicidade
VERSO PARA MEMORIZAR: “E o amor é este: que andemos segundo os mandamentos.” 2 João 6.
RECURSOS NECESSÁRIOS: Conquistando a Atenção: cartões com frases sugeridas na atividade; Lição: maquete ou cenário grande, trombeta ou cd com som de trombeta;Revisando: dois conjuntos de figuras dos Dez Mandamentos; Aplicando: figura de Jesus na cruz; Contando aos Outroslivrinho dos Dez Mandamentos (abaixo) para cada criança;

COMO PREPARAR OS RECURSOS NECESSÁRIOS

Conquistando a atenção:  Cortar dois pedaços iguais (não muito grandes) de madeira macia. Um deles só será usado em Aplicando.

Lição (escolher uma das opções de visuais abaixo):
Maquete do Monte Sinai:
Opção A: Colocar algumas almofadas (ou bolas de jornal amassado) sobre uma cadeira. Cobrir tudo (inclusive o encosto da cadeira) com um pano ou TNT marrom para dar o formato de uma grande montanha (se necessário, colocar alguns banquinhos ou cadeirinhas a mais, por baixo do tecido).

Opção B: Desenhar o contorno da montanha em isopor (no tamanho que desejar). Colar papel marrom ou pintar de marrom.


Espalhar várias delas ao pé da montanha. Deixar alguns pedaços de papel amassado e coisas fora do lugar, para organizar durante a história. Usar prendedores de roupa para fazer os personagens: prendedores iguais colocados no pé da montanha para serem os israelitas, o prendedor usado na lição da semana anterior, para ser Moisés. Quando ele descer da montanha, encaixar as figuras das tábuas nas mãos dele (abaixo).


Fazer uma nuvem escura com papel cartão azul marinho ou preto. Recortar relâmpagos em cartolina laminada prata  ou dourada e colá-los na nuvem.

Para explicar os dez mandamentos: Cortar dez pedaços de cartolina no tamanho de uma folha A3 (duas A4) e dobrá-las ao meio para ficarem no tamanho de uma folha A4. Ampliar as figuras do livrinho dos 10 mandamentos, pintá-las e colar em um dos lados de cada pedaço de cartolina. Deixar um barbante ou corda à mão para esticá-lo no momento certo e pendurar as cartolinas no varal. (Para economizar,  pode-se cortar as folhas no tamanho A4, colar as figuras e prendê-las ao varal usando prendedores de roupa).

Cenário grande (para contar a história com as crianças sendo os personagens): Colocar uma escada basculante em um canto da sala e cobri-la com TNT marrom. Para que ela fique mais espaçosa, pode-se colocar algumas cadeiras, bancos e almofada ao redor dela, por baixo do TNT. Fazer uma nuvem escura de EVA, com relâmpagos de cartolina dourada. Fazer as tábuas do dez mandamentos em isopor ou EVA e escondê-las atrás da escada. Do outro lado da sala, colocar um tapete com almofadas. Cada almofada será a tenda  de uma criança. Colocar faixas na cabeça das crianças e, se possível, vestir a criança que será Moisés com uma túnica (que pode ser uma camisa grande). 


CONQUISTANDO A ATENÇÃO:  [Escrever em alguns cartões as seguintes palavras: lavando roupa, arrumando a casa, tomando banho, lavando o rosto, escovando os dentes, penteando o cabelo. Chamar uma criança para escolher um cartão sem que as outras vejam o que está escrito nele. Ela deve fazer uma mímica para as outras adivinharem o que está escrito no cartão. Quem acertar  primeiro vem pegar outro cartão e fazer outra mímica.  Depois da brincadeira, conversar com as crianças sobre a necessidade de higiene com o corpo e com a casa. Depois, dizer:] Na história de hoje as pessoas precisaram tomar banho e lavar as roupas e deixar tudo arrumadinho. Vamos ver o porquê?

APRESENTANDO A LIÇÃO:  [Movimentar os visuais escolhidos de acordo com a necessidade, enquanto conta a história. Dizer:]
Depois de três meses viajando pelo deserto, os israelitas viram a coluna de nuvem para sobre o monte muito grande. Era o Monte Sinai. [Colocar a coluna de nuvem sobre o monte.] Este era o sinal para eles acamparem. Deus os trouxera até ali porque queria ensinar-lhes como serem bons e santos e também queria que eles esquecessem as coisas ruins que tinham aprendido no Egito.
Depois que eles montaram as tendas e o acampamento ficou pronto, Moisés subiu ao monte e Deus conversou com ele. [Colocar o personagem de Moisés sobre o Monte Sinai.] O Senhor lhe disse que os israelitas tinham sido escolhidos para serem missionários dEle e deveriam ensinar os outros povos a amarem a Deus e a fazerem a Sua vontade.
Voltando ao acampamento [Movimentar o personagem Moisés até o acampamento], Moisés contou tudo isso para o povo e disse que eles deveriam se preparar porque dentro de três dias Deus desceria sobre a montanha e falaria com eles. Imaginem quanta emoção: o Deus poderoso, que mandara as pragas no Egito, que mandava o maná e que os ajudara vencer os amalequitas iria falar com eles! Quanta honra, não é mesmo? Mas, como o povo deveria se preparar. Eles precisavam tomar banho, lavar as roupas e limpar as tendas. Tudo tinha que estar muito limpo e arrumado. E principalmente, eles deveriam estar com o coração limpo. Para isso, precisavam orar e jejuar, pedindo perdão de seus pecados.
Durante três dias o acampamento ficou muito movimentado com todos caprichando na limpeza. [Retirar os papéis amassados e organizar alguma coisa no cenário.] Os israelitas capricharam na limpeza e, na manhã do terceiro dia, todos estavam no pé do monte, imaginando o que aconteceria. [Colocar os personagens no pé do monte.] O momento era tão solene que até uma cerca foi colocada no pé do monte para que ninguém subisse a montanha. Então, quando a trombeta soou[pedira a alguém que toque a trombeta ou o CD] o povo olhou para o alto da montanha e viu uma nuvem escura, com relâmpagos e ouviram muitos trovões bem fortes [mostrar a nuvem e bater com uma colher em uma bandeja de metal para imitar o som do trovão]. O monte começou a tremer e a soltar fumaça, parecendo um vulcão [movimentar levemente o monte]. A trombeta foi ficando cada vez mais forte e o povo ficou apavorado e tremendo de medo. Então, eles se prostraram com o rosto no chão para adorar a Deus [“Prostar” os personagens dos israelitas].
[Falar em tom mais baixo.] De repente tudo ficou muito quieto. A trombeta parou de tocar e os relâmpagos e trovões também pararam e houve um tempo de silêncio muito solene e depois veio uma voz profunda, rica e musical: Era Cristo que estava falando [Pedir a alguém com voz bem forte que fale as palavras]: “Eu sou o Senhor teu Deus, que te tirei da terra do Egito, da casa da servidão.” Junto dEle estavam Deus, o Pai, e muitos anjos. O Céu e a Terra estavam bem perto no Monte Sinai naquele dia. Vocês gostariam de estar lá?
Foi assim que os israelitas ouviram os Dez Mandamentos, que é a Lei de amor que Deus nos deu. Vamos ver então quais foram os mandamentos que os israelitas ouviram. [Estender o varal e colocar as figuras dos Dez Mandamentos uma a uma, conforme for mencionando-os.]O primeiro e o segundo mandamentos nos dizem para amar a Deus acima de todas as coisas. Ele tem que ocupar o primeiro lugar em nossa vida e não pode ser trocado por nada: nem por dinheiro, casas, roupas, carros, brinquedos. Também é proibido adorar estátuas. O terceiro mandamento nos ensina a falar o nome de Deus com reverência. O quarto nos ensina a santificar o Sábado e a lembrar do nosso Criador.
O quinto mandamento nos ensina a respeitar nossos pais. Respeitar quer dizer tratá-los com amor e obedecê-los com alegria e boa vontade. O sexto mandamento nos proíbe de matar. Jesus disse que quem odeia o outro é como se estivesse matando. Por isso esse mandamento nos proíbe de odiar.O sétimo mandamento nos ensina a não pensarmos, vermos ou falarmos coisas sujas. Nossa atenção deve estar voltada apenas para as coisas puras. O oitavo mandamento nos proíbe de roubar e o nono nos ensina a falar sempre a verdade. Nada de mentiras. E o décimo mandamento nos ensina a não desejarmos as coisas que os outros têm. Isso se chama cobiça.
             Depois de ouvir tudo isso, falado pela voz de Deus, os israelitas estavam realmente muito impressionados e todos concordaram que precisavam obedecer aos Dez Mandamentos e prometeram: “Tudo que o Senhor falou, faremos.” Depois de fazerem esse compromisso, Moisés subiu novamente no Monte Sinai. [Colocar o personagem de Moisés em cima do monte outra vez.] Lá em cima Deus lhe deu uma cópia da Lei, escrita com o próprio dedo de Deus, em tábuas de pedra, mostrando que ninguém podia mudá-los, nem esquecê-los. E essa Lei está valendo até hoje para todas as crianças e adultos.
MEMORIZANDO: [Dizer:] Se alguém quer saber o que o amor faz e o que o amor não faz é só ler os Dez Mandamentos. É isto que a Bíblia diz:[Ler o verso na Bíblia.]Quem realmente tem amor no coração gosta de fazer o que a Lei de Deus pede. Precisamos lembrar sempre disso. Vamos memorizar esse verso?[ Repetir o verso várias vezes, usando os gestos abaixo:]
E o amor é este: que andemos - [fazer um coração com as mãos e aponte um caminho.]
segundo os Mandamentos - [mostrar as duas mãos abertas.]
2 João 6 [desabrochar uma flor e formar um livro.]

REVISANDO:
Opção 1: [Fazer dois conjuntos de figuras dos Dez Mandamentos (podem ser cartões ou em cartolinas para serem pendurados no varal). Dividir a sala em dois grupos e entregar um conjunto de figuras para cada um. As figuras não devem estar na ordem. Pedir que as crianças coloquem os Dez Mandamentos em ordem. Ganha quem conseguir acertar tudo primeiro.]
Opção 2: [Usando os mesmos dois jogos de figuras dos Dez mandamentos e a divisão da sala em dois grupos, fazer uma pergunta da lição para uma criança do primeiro grupo. Se ela acertar, seu grupo pode pegar um cartão com um dos mandamentos e colocar no varal (ou mesa). Se errar não pega nada. Proceder da mesma forma com o outro grupo. Continuar até acabarem as perguntas.  Ganha o grupo que conseguir completar os Dez Mandamentos na ordem certa, primeiro (se seu grupo for de crianças pequenas, facilite um pouco...).]

APLICANDO: [Dizer:] Nós podemos escrever os Dez Mandamentos em apenas uma palavra. Quem sabe qual é? [Amor.] Porque tudo o que Deus está pedindo em seus mandamentos é que amemos a Ele mais que tudo nesse mundo e aos outros como amamos a nós mesmos. E para lembrarmos sempre disso Ele deu Seu filho Jesus para pagar o preço dos nossos pecados. E a cruz onde Jesus morreu serve para nos lembrar de amar a Deus e ao próximo. Vejam! [Mostre a figura de uma cruz.]  A ponta da cruz esta apontando para cima, para lembrarmos de amar a Deus mais que tudo. Os braços da cruz apontam para os lados, para lembrarmos de amar as pessoas que estão ao nosso redor.  Os quatro primeiros mandamentos mostram nosso amor para com Deus e os outros seis mostram nosso amor para com o nosso próximo.
Vou mostrar um mandamento e vocês vão me dizer se ele mostra nosso amor a Deus ou ao próximo. Se for para Deus, levantem os braços para cima da cabeça. Se for para o próximo, abram os braços como se fosse dar um abraço. [Mostrar as mesmas figuras usadas em Revisando, misturando a ordem dos mandamentos.]

CONTANDO AOS OUTROS: [Fazer uma cópia do livro de figuras Os Dez Mandamentos para cada criança. De preferência, entregá-los já recortados, perfurados e, se possível (e necessário), já unidos por uma fita, lã, barbante ou aspiral. As crianças podem pintar o quanto conseguirem na sala de aula. O que não conseguirem, devem pintar em casa, com a ajuda dos pais. Enquanto trabalham dizer que devem usar o livrinho para contar aos outros sobre os Dez Mandamentos.]


  

domingo, 21 de junho de 2015

SACOLAS PORTA GULOSEIMAS

  FEITA DE PAPEL CRAFT 


APLIQUES DE OVELHINHAS FEITAS DE EVA

Apliques de ovelhinhas feita de eva. 
A Porteira do curral foi aberta














sexta-feira, 15 de maio de 2015

SUGESTÕES PARA TORNAR O CULTO DOMÉSTICO MAIS ATRAENTE E EDIFICANTE

SUGESTÕES PARA TORNAR O CULTO DOMÉSTICO MAIS ATRAENTE E EDIFICANTE

MCA EM FOCO
Fonte  a REVISTA Visão Missionária.
Visite o Site da UFBB e faça a assinatura desta Revista maravilhosa
http://loja.tray.com.br/loja/catalogo-161303-51-assinaturas

Clique nas imagens para salvar em tamanho maior




quinta-feira, 14 de maio de 2015

PROGRAMA ESPECIAL PARA O DIA DO PASTOR. FESTA DO CAJADO

Festa do Cajado Programa Especial para o Dia do Pastor (adaptado)
Ingresso - Como ingresso, cada pessoa deverá levar um cartão para o pastor ou para algum membro da sua família. O cartão poderá ser confeccionado pela própria pessoa e deverá conter uma bela mensagem.
 
Ornamentação - O local onde será realizada a festa poderá ser ornamentado com cajados decorados de forma criativa e atraente. Eles poderão ser confeccionados em isopor, cartolina, papelão, etc. Se forem confeccionados em isopor, basta recortá-los e pintá-los de uma cor que dê a ideia de madeira. Para isso, usar guache. Depois de pintados, aguardar até que fiquem totalmente secos. Se forem confeccionados em cartolina, esta deverá ser marrom ou de outra cor que dê a ideia de madeira. No caso de serem confeccionados em papelão, não terão que ser pintados, pois a cor do papelão lembra a cor da madeira. Os cajados poderão ser ornamentados com flores, folhas e raminhos desidratados e fitas coloridas, amarradas em forma de laço.
 
Convites - Os convites poderão ser confeccionados em cartolina, conforme modelos a seguir. O convite em forma de ovelha será para os membros da família do pastor. Para ele, o convite poderá ser em forma de cajado.
 
Arrumação da Sala - As cadeiras poderão ser arrumadas em forma de círculo ou de semicírculo. Dependerá do número de participantes.
 
Lanche - Com antecedência, procurar saber quais são os doces e salgados da preferência do pastor, a fim de providenciá-los para o lanche. Acompanhando os doces e os salgados, servir refrigerante ou uma bebida quente, uma vez que o Dia do Pastor é comemorado em junho, quando faz frio em algumas regiões brasileiras.
Programa - Poderá ser observada a seguinte ordem:
1. Palavra de Boas-vindas
2. Devocional
3. Brincadeiras
4. Lanche
5. Encerramento

EXECUÇÃO:
 
Recepção - O pastor e sua família deverão ser recebidos à porta com uma palavra gentil.
 
Palavra de Boas-vindas - A dirigente da festa poderá ficar responsável por esta parte do programa.
 
Devocional - Poderá incluir:
Cânticos - Deixar que os membros da família do pastor indiquem seus cânticos preferidos.
Leitura Bíblica - Efésios 4.11-13
Meditação - Uma pessoa previamente convidada poderá apresentar uma breve meditação em torno do ministério pastoral.
Hino – Agradecimento
Oração - Alguém deverá agradecer a Deus a vida do pastor e de sua família.
 
Brincadeiras - Seguem algumas sugestões:
1. Cajado Atarefado - Com antecedência, desenhar vários cajados em cartolina e recortá-los. Em cada cajado, escrever uma tarefa a ser cumprida por um dos participantes. As tarefas deverão ser numeradas. Colocar todos os cajados dentro de uma caixa. Através de sorteio, cada participante deverá receber um número. A dirigente iniciará a brincadeira, chamando um número. A pessoa cujo número for chamado irá até a caixa e, sem olhar, pegará um cajado. Lerá, então, a tarefa nele escrita, que poderá ser para ela mesma ou para a pessoa cujo número for o mesmo da tarefa. A brincadeira prossegue até que todos os participantes tenham tido a oportunidade de tirar da caixa o seu cajado.
2. Troca de Cajados - Com antecedência, confeccionar cajados de cartolina de cores variadas. Para esta brincadeira, os participantes deverão se assentar em círculo, sem que haja qualquer cadeira vaga. Cada participante deverá receber um dos cajados de cartolina. Dando início à brincadeira, a dirigente ficará andando no centro do círculo. De repente, perguntará a qualquer um dos participantes: “Você está contente com os cajados de seus vizinhos?” Se a pessoa interrogada disser que sim, todos os participantes devem se levantar e trocar de lugar uns com os outros. Se disser que não, a dirigente perguntará: “Quais são os cajados que deseja ter perto de você?” A pessoa, então, deverá citar os nomes dos dois participantes cujos cajados queira ter como vizinhos. Imediatamente, esses dois participantes deverão trocar de lugar com os participantes vizinhos. Tanto num caso quanto no outro, o dirigente aproveitará o momento da troca de lugares para pegar um lugar para si. Quem ficar sem cadeira passará a dirigir a brincadeira
3. “Essa ovelha se chama...” - Com os olhos vendados, o pastor deverá completar a sentença com o nome da pessoa cuja voz ouvir. A pessoa falará uma frase ou cantará um trecho de um cântico. Exemplos de frases: “Nós o amamos muito, pastor”, “O senhor é bem-vindo, pastor”, “O senhor e sua família são especiais para mim, pastor”, etc.

Presentes Para o Pastor - Expressando seu carinho pelo pastor, as crianças irão presenteá-lo com partes especiais previamente planejadas. Poderão cantar um hino, recitar um versículo bíblico, ler um poema, etc. As apresentações poderão ser individuais, em duplas ou em grupos.
A Vez do Pastor - O pastor deverá dirigir uma brincadeira, procurando envolver todos os participantes. Para tanto, terá que ser avisado com antecedência.
 
Lanche - Enquanto for servido o lanche, os participantes deverão conversar com o pastor e os membros de sua família.

 Fonte: http://ministerioinfantiljuniores.blogspot.com.br/

segunda-feira, 11 de maio de 2015

MALETA PARA CULTO NO LAR OU SEJA O CULTO DOMÉSTICO

FIZ ESTA MALETA COM CAIXA DE PAPELÃO  E ENCAPEI COM EVA.
PEGUEI A IDEIA NO GRUPO DO FACEBOOK
Eu amo Ministério Infantil .

FUNCIONA DESSA FORMA FIZ UM SORTEIO E CADA SEMANA VAI PARA CASA DE UM ALUNO. COLOQUEI DENTRO IDEIAS DE CULTO QUE TEM AQUI NO BLOG


ENCADERNEI, COLOQUEI UM DEVOCIONAL INFANTIL DA APEC E CADERNO PARA AS AS ANOTAÇÕES